top of page

Analistas apontam o futuro do Bitcoin depois do crash de 2022

Analistas apontam que Bitcoin pode cair até US$ 25 mil mas que os fundamentos da criptomoeda continuam intactos e que, no médio e longo prazo, a tendência continua de alta.



A fraqueza do Bitcoin (BTC) em manter o nível de US$ 40 mil pegou o mercado de surpresa e levou o valor da maior criptomoeda do mercado há um retrocesso de mais de 44% desde sua máxima histórica em US$ 69 mil.


Agora, depois do crash, os analistas estão de volta aos gráficos em busca de entender os próximos movimentos do Bitcoin e, com ele, a tendência geral do mercado de criptoativos.


Para Tasso Lago, gestor de fundos privados em criptomoedas e fundador da Financial Move, no curto prazo o movimento do BTC pode não ser o início de um novo rali de alta contudo os fundamentos do Bitcoin continuam intactos.


"Fundamentos seguem positivos e continuo acreditando em uma alta para os 100k usd em novo ciclo", disse.


Já Lucas Schoch, CEO e fundador da Bitfy, aponta que como o Bitcoin vem perdendo valor neste momento, agora é timing certo para comprar.


"Para investidores, esta é hora certa de comprar a cripto, e esperar que a volatilidade jogue a favor da moeda para que possam vender o criptoativo em alta", disse.


O pior cenário para o Bitcoin


Já o trader Dave the Wave, que acertou em cheio a queda do Bitcoin em maio de 2021, aponta que depois que o BTC perdeu seu suporte crucial em US$ 40.000 ele enfrenta mais riscos negativos.


De acordo com o analista, o Bitcoin provavelmente atingirá o suporte em US$ 30.000, mas também é vulnerável a cair até US$ 25.000 em um cenário mais baixista.


“Ai. O problema é que, uma vez que perde essa área de US $ 40.000, não há muito suporte abaixo... Mas suporte existe. Melhor cenário [correção contínua] – $ 30.000. Pior cenário – $ 25.000”, disse


Em sua análise Dave the Wave usa extensões de Fibonacci, além de identificar um possível padrão de cabeça e ombros de baixa para avaliar uma meta negativa de US$ 25.000 para o BTC.


“Para aqueles que se perguntam sobre a extensão do fib aqui, está medindo uma cabeça e ombros em potencial.”


O trader de criptomoedas diz que, para o Bitcoin gerar um impulso de alta, ele teria primeiro que passar de forma convincente acima de uma resistência descendente, atualmente em cerca de US$ 41.000.


Fonte: CoinTelegraph

Comments


bottom of page