top of page

El Salvador anuncia Bitcoin City com 0% de impostos

A inovadora "cidade Bitcoin" prevê 0% de imposto de renda, de ganho de capital, de propriedade, de folha de pagamento e do município



El Salvador, país que, em Junho deste ano, tornou-se o primeiro a adotar o Bitcoin (BTC) como moeda oficial, continua surpreendendo o mundo com sua política inovadora. Dessa vez, o presidente Nayib Bukele anunciou o lançamento da Bitcoin City (Cidade Bitcoin, em tradução livre). O empreendimento será financiado inicialmente por US$ 1 bilhão em títulos de Bitcoin.


A iniciativa foi anunciada por Bukele na conferência Bitcoin Week, que este ano acontece em El Salvador. Durante o evento, a adoção do Bitcoin no país e o aumento da adesão dos cidadãos à criptomoeda foram celebrados de diversas formas.


"Achei que nós tínhamos que fazer um grande anúncio nesta #BitcoinWeek. Hoje, quero anunciar que construiremos a primeira #BitcoinCity", presidente @nayibukele.

— Casa Presidencial (@PresidenciaSV) November 21, 2021


Nas palavras de Bukele:


“Na #BitcoinCity, nós teremos educação digital e tecnológica, energia geotérmica para sustentar toda a cidade e transporte público eficiente e sustentável”.


O desenvolvimento da Bitcoin City contará com o envolvimento proativo de proeminentes empresas de criptomoedas, incluindo a exchange Bitfinex e a Blockstream, de Adam Back. De acordo com o CTO da Bitfinex, Paolo Ardoino, a exchange apoiará a iniciativa da Bitcoin City lançando uma plataforma para os títulos em Bitcoin. E acrescentou:


“Em breve, [a plataforma] abrigará muitas ofertas de ativos digitais locais e estrangeiros, desenvolvendo novas regulamentações para os ativos digitais no país. El Salvador, Bitfinex e Blockstream estão fazendo história juntos."


0% de impostos


O presidente afirma que a Bitcoin City vai se tornar uma cidade totalmente funcional, com áreas residenciais, shopping centers, restaurantes e um porto. "Tudo em torno de Bitcoin". Além disso, os moradores estarão sujeitos apenas ao Imposto sobre Valor Agregado (IVA), que, segundo Bukele, será utilizado para pagar as obrigações do município, e o restante será destinado para manutenção da infraestrutura pública da cidade.



Portanto, a cidade prevê:


  • 0% de imposto de renda

  • 0% de impostos sobre ganho de capital

  • 0% de impostos municipais

  • 0% de imposto sobre propriedade

  • 0% de imposto sobre a folha de pagamento


Na conferência, o chefe de segurança da Blockstream, Samson Mao, esclareceu a viabilidade de obter US$1 bilhão com títulos de Bitcoin:


“Com a Bitfinex, haverá muitas baleias. Não vejo problema em arrecadar US$ 1 bilhão em títulos."


Mao também informou aos cidadãos que US$ 500 milhões em títulos de Bitcoin estarão sujeitos a um período de restrição de resgate de cinco anos, efetivamente retirando o capital investido de circulação. Além disso, o empresário explicou como um aumento de 10 vezes em iniciativas semelhantes de outros países acabará tirando de circulação metade da capitalização de mercado total do Bitcoin.


Após a adoção do Bitcoin como moeda de curso legal, o governo de El Salvador vem reinvestindo os lucros não realizados com a valorização da criptomoeda em vários projetos de desenvolvimento e infraestrutura.


No início de novembro, Bukele anunciou que o excedente obtido da conta estatal do Bitcoin Trust será usado para construir 20 novas escolas:


“Quando este projeto foi iniciado, não tínhamos ganhado tanto dinheiro no FIDEBITCOIN [BTC Trust] como ganhamos agora. Portanto, decidimos fazer as primeiras 20 Escolas de Bitcoin."


Em meados de outubro, o governo de El Salvador reinvestiu US$ 4 milhões dos lucros do Bitcoin Trust para construir um novo hospital veterinário na capital, San Salvador.


Fonte: Cointelegraph

bottom of page