top of page

Enquanto BTC não cair para US$ 12 mil não haverá alta, diz analista

'Todo mundo sente que o Bitcoin precisa se livrar de todas as posições curtas e redefinir, o que provavelmente seria a retração total de 80%, o que é típico nos mercados, que cairia na faixa de US$ 12.000 a US$ 13.000', aponta analista.



A recente falha do Bitcoin (BTC) em manter seu preço acima de US$ 20 mil trouxe de novo os olhares dos analistas para um novo suporte de valor, a marca de US$ 17 mil, como aponta Lucas de Assis, da TC.


"Seguimos numa tendência baixista, com o último fundo localizado nos US$19,7K que, se perdido, abre espaço para uma correção mais forte, encontrando suporte apenas na mínima do movimento nos US$17,6K. Vale atenção nessa região de preço", destaca.


Ayron Ferreira, Head Researcher da Titanium Asset, aponta que a semana está sendo intensa para os criptoativos e o mercado cripto está atento à situação do fundo Three Arrows Capital, que nesta quarta-feira, recebeu uma ordem de liquidação pela corte das Ilhas Virgens Britânicas após o fundo não ter cumprido com o pagamento de um empréstimo de $ 665M em bitcoins.


"É necessário ter cautela com a situação do 3AC, visto que quedas maiores nos preços podem resultar em mais liquidações devido a insolvência que o fundo passa devido a exposição alavancada de protocolos de lending.Além dos indicadores macroeconômicos estarem desfavoráveis, dados on-Chain mostraram um fluxo elevado de capital para corretoras na última quinzena o que normalmente é acompanhado por um movimento de venda", apontou.


Queda para US$ 13 mil


Por outro lado, Chris Terry, vice-presidente de soluções corporativas da SmartFi, aponta que esta situação de volatilidade e de quedas abaixo de US$ 20 mil é normal e deve perdurar por um bom tempo.


“O Bitcoin permanecer nessa faixa de US$ 20.000, de US$ 18.000 a US$ 20.000, será um longo período de tempo, e podemos estar nessa faixa de negociação agora por semanas", destacou.


No entanto ele aponta que o mercado não vai mudar de sentimento enquanto o BTC não cair abaixo de US$ 13 mil.


"Todo mundo sente que o Bitcoin precisa se livrar de todas as posições curtas e redefinir, o que provavelmente seria a retração total de 80%, o que é típico nos mercados, que cairia na faixa de US$ 12.000 a US$ 13.000. Se o Bitcoin fizesse isso, limparia tudo e, a partir daí, você sabe, poderia subir novamente para um recorde histórico", disse.


Ele destaca que o Bitcoin fez isso três ou quatro vezes em sua história, se não mais, e, portanto, uma retração de 80% é típica.


"Estamos em 70% de retração, mas o ideal é 80%. Então, se cair de US$ 20.000 para US$ 18.000, isso não surpreenderia ninguém. Não é bom. Não é ruim; não há alta clara e nenhuma baixa clara. Se o Bitcoin atingir US$ 12.000 a US$ 13.000, então eu diria que foi o que foi necessário para sacudir os mercados. Portanto, não vejo nenhum rali considerável no Bitcoin neste momento até que haja uma baixa ainda maior", finalizou.


Fonte: Cointelegraph

Commentaires


bottom of page