top of page

Estreia de primeiro fundo indexado ao bitcoin nos EUA leva o preço do BTC para mais de US$ 63 mil

O preço do Bitcoin subiu para uma máxima de cinco meses de US$ 63.293 após a abertura de negociação das ações do ETF da ProShares.



O primeiro fundo de investimentos indexado (ETF) ao bitcoin estreou nesta terça-feira (19) na bolsa de Nova York, abrindo a um preço de US$ 40 por ação. ETFs vinculados ao bitcoin já existem na Ásia, no Canadá e no Brasil, mas esta é a primeira vez que um é aberto na principal praça financeira do planeta.


O BITO, nome do fundo lançado pela ProShares, arrecadou mais de US$ 1 bilhão em seu primeiro dia na bolsa de Nova York (NYSE), tornando-se o segundo maior fundo de todos os tempos em termos de volume movimentado no primeiro dia. A chegada do ETF cripto a uma grande bolsa de valores vem depois de anos de decisões diferidas da Securities and Exchange Commission, ou SEC, o comissão responsável pela aprovação do ativo.


“O BITO abrirá a exposição ao Bitcoin para um grande segmento de investidores que têm uma conta de corretagem e se sentem confortáveis ​​comprando ações e ETFs, mas não desejam passar pela dificuldade e curva de aprendizado de abrir outra conta com uma provedora de criptomoedas e criar um Carteira Bitcoin ou estão preocupados que esses provedores possam não ser regulamentados e estar sujeitos a riscos de segurança”, disse o CEO da ProShares, Michael Sapir, na segunda-feira.


A SEC aceitou pela primeira vez o pedido de registro do Bitcoin Strategy ETF da ProShares na NYSE na sexta-feira, pouco antes de fazer o mesmo com as ações do ETF de futuros de BTC da gestora de ativos digitais Valkyrie para listagem na Nasdaq. A gestora de ativos institucionais Grayscale também anunciou na segunda-feira que planeja converter seu GBTC Trust em um ETF no futuro. A SEC atualmente tem várias aplicaçõs para ETF de criptomoedas ainda em avaliação.


"O ETF da ProShares proporcionará maior acesso ao mercado e facilidade de uso para investidores institucionais que desejam entrar nos mercados de criptomoedas", disse Mary Beth Buchanan, diretora jurídica global da plataforma investigativa de blockchain Merkle Science. "O mais novo ETF baseado em futuros será negociado na NYSE e parecerá mais familiar para os investidores institucionais do que abrir contas de negociação individuais e negociar diretamente em uma exchange de criptomoeda ou plataforma de negociação de criptomoedas à vista ou baseada em futuros."


De acordo com dados da Cointelegraph Markets Pro, o preço do Bitcoin subiu após as ações do ETF da ProShares abrirem para negociação, passando de 1,2% de US$ 62.557 para uma alta em cinco meses de US$ 63.293. Isso marca um retorno ao criptoativo acima de US$ 63.000 pela primeira vez desde abril, quando atingiu a máxima histórica de US$ 64.863.


Fonte: Cointelegraph

Commentaires


bottom of page