top of page

Fundação Luna esvazia carteira de 42 mil bitcoins e cria tensão no mercado

O preço do bitcoin desabou para US$ 30 mil no momento que a carteira da Luna Foundation Guard foi esvaziada.



Luna Foundation Guard, uma organização do ecossistema Terra (LUNA), esvaziou nesta segunda-feira (9) a sua carteira de Bitcoin (BTC) dedicada a fornecer recursos para garantir o lastro da stablecoin TerraUSD (UST).


Ao observar o rastro do bitcoin na blockchain, é possível ver que ele foi espalhado para diversas carteiras diferentes, mas ainda não se tem uma confirmação do destino final dessas moedas.


No Twitter, usuários especulam que uma parte desse dinheiro foi enviado para a corretora OKX, sinalizando uma possível liquidação da reserva de bitcoin no mercado.


“Parece que eles dividiram os fundos, sendo 12,5k BTC e 30k BTC seguindo caminhos separados. Supostamente, uma parcela foi enviada para OKX também”, escreveu o usuário @DaxxTrader compartilhando o fluxo das criptomoedas rastreadas na plataforma breadcrumbs.


Além disso, o perfil que monitora a blockchain do bitcoin, Mempool Whales, alertou nesta tarde que uma carteira desconhecida havia depositado 37.180 BTC na corretora Gemini.



No mesmo horário que a carteira de bitcoin da Luna Foundation foi esvaziada, por volta das 15h30, o preço da criptomoeda entrou em queda livre até bater US$ 30.556, segundo o CoinMarketCap.


No momento da redação deste texto, o bitcoin continua sendo negociado por volta de US$ 30.780, cotação que representa uma queda de 11,2% nas últimas 24 horas.


UST pode estar por trás da queda do BTC


Ao que tudo indica, a equipe da Luna Foundation está tomando medidas drásticas para tentar salvar sua stablecoin UST do colapso total. Na tarde desta segunda-feira (9), o preço da stablecoin pareada ao dólar — e que, portanto, deveria ser sempre US$ 1 — bateu US$ 0,95, segundo o CoinMarketCap.


Em algumas corretoras, como na Binance, o UST chegou a ser negociado por US$ 0,92 com o par em USDT.


Uma hipótese que ganha força na comunidade é que a Luna Foundation está usando a sua reserva de bitcoin para comprar UST e tentar fazer o preço da stablecoin voltar para um dólar americano.


Na hora que a carteira de BTC da Luna Foundation foi esvaziada, Do Kwon, fundador e CEO do Terraform Labs, se limitou a escrever que no Twitter que estava “Implantando mais capital”.



A queda da UST


Nesta segunda-feira (9), a Luna Foundation Guard votou para emprestar US$ 1,5 bilhão em criptomoedas para manter a estabilidade do UST.


O comitê da organização votou para emprestar US$ 750 milhões em bitcoin de suas reservas e US$ 750 milhões em UST para manter o ativo lastreado em US$ 1.


A organização fez o empréstimo a um “formador profissional de mercado” não identificado, segundo Do Kwon.


O empréstimo foi feito por conta da perda de lastro da UST no dólar americano em meio à volatilidade extrema nos mercados cripto.


No sábado (7), a stablecoin caiu para cerca de US$ 0,985, antes de voltar para US$ 0,99. Mais uma vez na segunda-feira (9), a moeda voltou a ser atingida por flutuações extremas, caindo para US$ 0,92 em algumas corretoras.


O capital emprestado pela equipe da moeda seria usado para comprar UST se o ativo continuar caindo abaixo de seu lastro e vender UST (e comprar BTC) se o ativo ficar maior ou igual ao seu lastro.


Como a UST funciona


Diferente de stablecoins mais tradicionais, como USDT da Tether ou USDC da Circle, a UST é descentralizada e algorítmica.


É descentralizada porque o token não é mantido por uma entidade centralizada ou lastreada em ativos centralizados (sejam estes dinheiro em espécie, títulos, ações ou outros).


Em vez disso, a UST mantém sua estabilidade por meio de um mecanismo de emissão e queima usando o token de staking e governança do ecossistema LUNA.


Esse mecanismo permite que pessoas resgatem 1 UST (não importa qual seja o seu preço) por US$ 1 em LUNA. Toda vez em que essa conversão é feita, a UST em questão é destruída (ou, em termos cripto, “queimada”) e removida de circulação.


Toda vez em que 1 UST não for equivalente a US$ 1, árbitros podem rapidamente converter UST por US$ 1 em LUNA, vendendo o LUNA e gerando um pequeno lucro.


No entanto, esse mecanismo ficou ameaçado à medida que usuários começaram a vender UST em massa em troca de outras stablecoins na corretora descentralizada (DEX) Curve Finance, bem como na Binance.


Fonte: Portal do Bitcoin

Comments


bottom of page