top of page

Lightning Labs recebe novo aporte para escalar soluções de segunda camada no Bitcoin

Os incentivos vieram da Valor Equity Partners, um dos primeiros fundos a apostar na Tesla e na Space X. O aporte servirá para expandir a atuação da rede Bitcoin e da camada Lightning Network.



A Lightning Labs participou de uma nova rodada de investimentos no mercado cripto que angariou US$ 70 milhões recentemente. A plataforma, que desenvolveu uma segunda camada para a rede Bitcoin, recebeu incentivos da Valor Equity Partners, um dos primeiros fundos a apostar na Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34) e na Space X.


Além da Valor Equity Partners, a rodada de investimentos da Lightning Labs foi liderada pela gestora de ativos Baillie Gifford. De acordo com a plataforma, o aporte servirá para expandir a atuação da rede Bitcoin e da camada Lightning Network.


O investimento de US$ 70 milhões corresponde a uma rodada da série B. Sendo assim, esse valor deverá ser usado pela plataforma também para implantar atualizações na rede Bitcoin.


Ou seja, o aporte foi liderado pelo mesmo fundo, considerado um dos primeiros patrocinadores da Tesla e da Space X. Sendo que outros grandes investidores participaram da rodada da série B, como:


- Bitcoin Stillmark

- Goldcrest Capital

- Kingsway

- Moore Strategic Ventures

- Brevan Howard

- CEO da Robinhood Vlad Tenev

- NYDIG

- CEO da Silvergate Alan Lane


Lightning Labs apresenta Taro


A Lightning Labs pretende atribuir novas funcionalidades à rede do criptoativo através da atualização Taro. Com essa mudança, a rede do bitcoin poderia emitir tokens não-fungíveis (NFTs), por exemplo.


Além disso, o protocolo Taro visa criar mecanismos de emissão e transferência de stablecoins, criadas a partir da blockchain do Bitcoin. Dessa forma, a Lightning Labs propõem uma interoperabilidade na rede do criptoativo, acompanhando a tendência do mercado cripto.


A Lightning Network funciona como uma segunda camada para a rede Bitcoin, oferecendo mais escalabilidade nas transações e taxas mais reduzidas. Atualmente, a plataforma é amplamente utilizada no mercado cripto, e faz sucesso em El Salvador, onde o criptoativo é considerado uma moeda oficial desde o final de 2021.


Fonte: Investing.com

Comentarios


bottom of page