top of page

Morgan Stanley compra mais bitcoin e agora possui US$300 milhões

Morgan Stanley, um dos maiores bancos de investimento dos EUA, aumentou sua exposição ao Bitcoin com a compra de ações adicionais do Grayscale Bitcoin Trust (GBTC) para três de seus fundos



O Morgan Stanley (NYSE:MS) (SA:MSBR34), um dos maiores bancos de investimento dos Estados Unidos, aumentou sua exposição ao Bitcoin para mais de US$ 300 milhões com a compra de ações adicionais do Grayscale Bitcoin Trust (GBTC) para três de seus fundos durante o terceiro trimestre.


Em um arquivamento da SEC esta semana, a carteira de investimentos do Morgan Stanley Institutional Fund informou possuir 3.642.118 ações do GBTC no final do terceiro trimestre, em comparação com 2.130.153 no final do segundo trimestre, um aumento de 71%.


O Grayscale Bitcoin Trust é um veículo financeiro que permite aos investidores negociar títulos lastreados em bitcoin. Dessa forma, os investidores obtêm exposição à criptomoeda sem a necessidade de armazenar o cripto-ativo.


A compra de ações do GBTC pela empresa no terceiro trimestre foi feita através do Morgan Stanley Insight Fund (CPODX), aumentando suas participações em 63% para 1.520.549 ações do GBTC no final do terceiro trimestre, de acordo com um documento publicado. O fundo tinha 928.051 ações no trimestre anterior.


No mesmo período, o Morgan Stanley Global Opportunity Portfólio aumentou suas participações no GBTC de 919.805 para 1.463.714 ações, um aumento de 59% no terceiro trimestre.


O montante total de ações do GBTC detidas pelos três fundos atingiu, portanto, 6.626.381, no valor de aproximadamente US$ 307 milhões a preços atuais.


Gerenciado pela Grayscale Investments de Nova York, a GBTC está sendo negociada com um desconto significativo desde fevereiro, o que significa que o preço das ações é inferior ao valor atual do Bitcoin que representam. De acordo com dados da YCharts, o desconto atual do GBTC é de -12,32%.


Em 29 de outubro, o valor do Bitcoin aumentou 95% desde o início do ano, no entanto, um dos maiores fundos focados em Bitcoin da indústria retornou apenas 42% no mesmo período, disse uma nota de pesquisa recente da Morningstar.


No mês passado, o Digital Currency Group, empresa controladora da Grayscale, sinalizou que pode recomprar uma certa quantidade de ações do GBTC após aumentar sua autorização de compra dos US$ 750 milhões anteriores para US$ 1 bilhão.


Isso poderia oferecer uma solução temporária para a questão do desconto, pois estreitaria o desconto entre o preço de mercado das ações do GBTC e seu valor patrimonial líquido (NAV).


No longo prazo, no entanto, a empresa está de olho na conversão de seu principal produto em um Bitcoin ETF – um fundo negociado em bolsa lastreado em bitcoin.


A empresa de investimentos entrou com um pedido formal de conversão em outubro, mas a espera pode se arrastar, já que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos ainda não deu o sinal verde para o produto.


No entanto, como mostra a mais recente adição de ações GBTC do Morgan Stanley, o produto Grayscale – apesar dos retornos mais baixos em comparação com o Bitcoin físico – ainda é uma opção atraente para os investidores.


Fonte: Investing.com

Comments


bottom of page