top of page

Walmart procura especialista em criptomoeda e blockchain e movimenta preço do bitcoin

Rede varejista norte-americana quer um profissional que tenha experiência em tecnologia e gestão, mas que tenha conhecimento sobre ativos cripto



A rede de supermercados Walmart está com vagas abertas para o time de desenvolvimento focado em criptomoedas. Na descrição do cargo, essa pessoa deverá auxiliar na “criação ambiciosa” do desenvolvimento em criptografia da marca.


Além disso, o Walmart está buscando alguém com histórico de liderança e experiência de pelo menos 10 anos em programação e gestão em tecnologia. Mas o destaque especial da vaga é para a seguinte frase: possuir conhecimento significativo do ecossistema de criptomoedas e dos players envolvidos é um diferencial.


Avanço cripto


Essa não é a primeira empresa que abre uma vaga com foco em criptomoedas. A Amazon sinalizou interesse em moedas digitais em um de seus anúncios de emprego. Isso fez as cotações do bitcoin (BTC) avançarem mais de 11% na época.


Os anúncios envolvendo interesse em criptomoedas costumam movimentar as cotações dos principais projetos do mercado. Por volta das 11h de segunda (16/Agosto), o bitcoin (BTC) avançava 2,01%, cotado a US$ 46.751,90 (R$245.331,47). Nos últimos sete dias, o avanço é de 2,04%.


Esse tipo de contratação levanta duas hipóteses: a primeira, é de que a empresa está buscando usar o bitcoin e outras criptomoedas como forma de pagamento. Isso aumenta as possibilidades dentro da própria blockchain da moeda, além de alavancar o volume de transações.


Ainda, a empresa pode estar desenvolvendo sua própria moeda, como é o caso do Binance Coin (BNB), a criptomoeda da corretora Binance. O processamento de pagamentos utilizando a tecnologia da blockchain costuma ser mais seguro do que os meios convencionais.


Mas o Walmart está com outro foco. Atualmente, a rede de supermercados tem focado no uso da tecnologia para aplicativos de gerenciamento da cadeia de suprimentos, mercados de clientes e aparelhos inteligentes, desenvolvidos a partir da tecnologia de blockchain.


Blockchain: o que é?


A tecnologia que deu o pontapé inicial no mundo das criptomoedas é a blockchain (“cadeia de blocos”, em tradução). Essa tecnologia permite a mineração de bitcoins, atividade que tem sofrido fortes sanções na China.


A blockchain funciona como uma caixa de vidro que armazena informações. Esses dados são criptografados e armazenados de maneira que não é possível alterar uma informação e que todas as modificações ficam guardadas em rede.


O grande benefício da blockchain é que ela pode armazenar e cruzar muitos dados ao mesmo tempo. Até o momento, é tida como um sistema impossível de ser hackeado.


Fonte: Seu Dinheiro


Comments


bottom of page